A nutrição ganha um papel de destaque no processo de envelhecimento

A nutrição tem um papel de destaque no processo de envelhecimento, não só na promoção da qualidade de vida, mas também na prevenção de doenças crônicas não-transmissíveis. Hábitos alimentares saudáveis promovem não apenas o retardo do envelhecimento, mas também um envelhecimento saudável, tendo em vista que nessa fase da vida diversas mudanças fisiológicas e corporais ocorrem, aumentando a importância dos cuidados especializados voltados a pessoa idosa.

A melhora da qualidade de vida através do melhor acesso a saúde, a prática de atividades físicas e a adequada alimentação são fatores que resulta no aumento da expectativa de vida.

O próprio envelhecimento provoca uma série de alterações fisiológicas e funcionais que de forma direta ou indireta, provoca alterações nos hábitos alimentares dos indivíduos. Alterações funcionais do trato gastrointestinal reduzem a sensibilidade gustativa e olfativa contribuindo para o menor desejo pela alimentação, o que resultar em carências nutricionais. A perda dentária e da função mastigatória também estão associados a menor ingestão alimentar, além da redução do metabolismo, que culminam no desenvolvimento da desnutrição protéico-calórica. Porém, pode ocorrer também a ingestão excessiva de alimentos, na maioria das vezes hipercalóricas que geram o desenvolvimento de outras doenças crônicas não-transmissíveis.

A alimentação inadequada dos idosos contribui para o surgimento de vários agravos nutricionais, como a obesidade, a desnutrição, a hipertensão arterial sistêmica e a diabetes mellitus, que são as principais doenças crônicas não-transmissíveis que acometem a população idosa. Os hábitos alimentares inadequados associados as alterações fisiológicas e funcionais do envelhecimento, geram um poderoso impacto no declínio da saúde do idoso.

Por outro lado, uma alimentação equilibrada promove saúde e protege contra o desenvolvimento de agravos nutricionais. Para que se obtenha um envelhecimento ativo e saudável, é necessário que haja um planejamento alimentar adequado, independentemente do ambiente institucional ou familiar, realizado especificamente por um nutricionista, que irá considerar as necessidades nutricionais do idoso de acordo com as suas especificidades individuais.

 

Sobre o Instituto Viva Bem

O Instituto Viva Bem é um centro de vivência de idosos. Ele representa um novo conceito em vivência social de idosos e principalmente de qualidade nos cuidados com idosos. Localizado em uma área nobre de Goiânia, disponibiliza aos seus hóspedes serviços de atendimento em consultório, centro-dia, reabilitação, hospedagem temporária e permanente, todos em um único local. Ainda conta com equipe multidisciplinar qualificada e apta para oferecer a seus usuários um atendimento individualizado e profissional.

 

Entre em contato e venha se surpreender!

Contato: (62) 3218-5034

WhatsApp: (62) 99615-2791

E-mail: [email protected]

Endereço: Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

Avalie esta postagem
Mostrar mais

Instituto Viva Bem

*Contato: (62) 3218-5034 *WhatsApp: (62) 9615-2791

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar