O principal indicador da Doença de Parkinson é a lentidão dos movimentos

A identificação dos sintomas é um dos maiores desafios no processo diagnóstico da doença de Parkinson, segundo alerta a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG). O principal indicador do Parkinson é a bradicinesia, que consiste na lentidão dos movimentos, porém o sinal mais conhecido pela população é o tremor.

A bradicinesia geralmente está associada a outros fatores que incluem o tremor a rigidez muscular e instabilidade postural que juntas firmam o diagnóstico indicativo do Parkinson. Como a doença não possui um marcador sorológico, o diagnóstico ocorre apenas por critérios clínicos, o que torna fundamental o conhecimento acerca dos sintomas.

Pelo fato de muitas vezes os idosos apresentarem lentidão nos movimentos, e ser considerado natural do envelhecimento, este sinal dificilmente é associado ao Parkinson, o que dificulta o diagnóstico precoce. Pra mudar isso, é necessário aumentar as campanhas de suporte para o tratamento da doença, o que facilitará a disseminação das informações a todos.

Em contrapartida, não se pode considerar que todo o tremor seja relacionado ao Parkinson, pois este quadro pode estar associado ao uso de algum medicamento ou decorrer de outra origem a ser investigada. Por isso, a bradicinesia associada a outro sinal motor é o principal indicativo de Parkinson.

Principais sintomas motores da DP:

-Lentidão de movimentos, chamada bradicinesia

-Agitação ou tremor em repouso

-Rigidez dos braços, pernas ou tronco.

-Problemas com o equilíbrio e quedas, também chamado de instabilidade postural

Principais sintomas não-motores da DP:

-Humor (depressão, ansiedade, irritabilidade)

-Alterações cognitivas (atenção, problemas visuo-espacial, problemas de memória, alterações de personalidade, psicose / alucinações)

-Prisão de ventre

-A hiperidrose (suor excessivo), especialmente das mãos e pés

– Perda de olfato

– Distúrbios do sono como insônia

– Dor, sensação de aperto, formigamento, queimação podem estar presentes com o diagnóstico inicial

A doença de Parkinson é considerada a segunda doença degenerativa mais prevalente no mundo, atrás apenas do Alzheimer. O Parkinson atinge o sistema nervoso de maneira progressiva, afetando os movimentos. Em resumo, o cérebro de uma pessoa lentamente deixa de produzir um neurotransmissor chamado dopamina. Com essa redução, a pessoa apresenta cada vez menos capacidade de regular os seus movimentos, seu corpo e as emoções.

Seu fator de risco principal é a idade, sendo reconhecidamente mais comum em pessoas acima dos 60 anos de idade, sendo que de 1% a 2% da população de idosos apresentam a doença.

Embora seja uma doença incurável, a doença de Parkinson em si não é fatal. No entanto, as complicações decorrentes da doença sim, são consideradas graves e incapacitantes, diminuindo a qualidade de vida do paciente

Hoje o tratamento consiste no uso da levadopa, um medicamento que melhora sensivelmente os sintomas motores e contribui para o retardo da progressão de seus agravos. Nos idosos a droga é hoje a principal opção medicamentosa existente (padrão ouro), sendo distribuída gratuitamente na saúde pública e a baixo custo em farmácias populares. O olhar multiprofissional ao paciente é fundamental na garantia da qualidade de vida, por isso são envolvidos especialistas como o fisioterapeuta, psicólogo e nutricionista no tratamento.

 

Sobre o Instituto Viva Bem

O Instituto Viva Bem é um centro de vivência de idosos. Ele representa um novo conceito em vivência social de idosos e principalmente de qualidade nos cuidados com idosos. Localizado em uma área nobre de Goiânia, disponibiliza aos seus hóspedes serviços de atendimento em consultório, centro-dia, reabilitação, hospedagem temporária e permanente, todos em um único local. Ainda conta com equipe multidisciplinar qualificada e apta para oferecer a seus usuários um atendimento individualizado e profissional.

 

Entre em contato e venha se surpreender!

Contato: (62) 3218-5034

WhatsApp: (62) 99615-2791

E-mail: [email protected]

Endereço: Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

Avalie esta postagem
Mostrar mais

Instituto Viva Bem

*Contato: (62) 3218-5034 *WhatsApp: (62) 9615-2791

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar