Conheça as fases da doença de Alzheimer

A Doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência. A doença não tem cura se agravando até levar à morte. Geralmente atinge pessoas com mais de 65 anos, embora pacientes mais jovens podem apresentar a doença.

De acordo com a Associação de Alzheimer, a doença apresenta 7 fases.

Fase 1: Sem redução das funções cognitivas. A pessoa não relata nenhum problema de memória. Nenhuma evidência de sintomas será visualizada em uma avaliação com um médico.

Fase 2: Muito leve declínio das funções cognitivas. A pessoa começa a ter poucos lapsos de memória, esquecendo palavras familiares ou a localização de objetos do cotidiano. Mas os sintomas não podem ser detectados durante um exame médico ou por amigos, familiares ou colegas de trabalho.

Fase 3: queda leve do declínio das funções cognitivas: Amigos, familiares ou colegas de trabalho começam a notar dificuldades na memória. Durante uma consulta médica detalhada, problemas na memória ou concentração podem ser detectados.

Estágio 4: declínio moderado das funções cognitivas: Nesta fase, uma avaliação médica cuidadosa deve ser capaz de detectar claramente problemas como o esquecimento de fatos recentes.

Etapa 5: declínio moderadamente grave das funções cognitivas: São perceptíveis os lapsos de memória e pensamento, sendo necessária a ajuda com as tarefas do dia-a-dia.

Etapa 6: declínio grave das funções cognitivas: A memória tende a piorar, inicia-se as alterações de personalidade e aumenta-se a dependência em relação às atividades diárias.

Fase 7: declínio muito grave das funções cognitivas: No estágio final da doença, os indivíduos perdem a capacidade de responder ao seu ambiente, não conseguem manter uma conversa e nem controlar os movimentos. Podem ainda ser capazes de se comunicar com palavras ou frases. Nesta fase, os indivíduos ficam dependentes de terceiros para o cuidado diário pessoal, incluindo comer ou usar o banheiro. Eles também podem perder a capacidade de andar e sentar sem apoio. A deglutição também é prejudicada.

No entanto, a detecção precoce da doença de Alzheimer é muito importante. Os medicamentos atuais auxiliam na desaceleração da progressão da doença, diminuindo os sintomas, sendo mais eficazes quanto mais cedo for detectada a doença.

 

Sobre o Instituto Viva Bem

O Instituto Viva Bem é um centro de vivência de idosos. Ele representa um novo conceito em vivência social de idosos e principalmente de qualidade nos cuidados com idosos. Localizado em uma área nobre de Goiânia, disponibiliza aos seus hóspedes serviços de atendimento em consultório, centro-dia, reabilitação, hospedagem temporária e permanente, todos em um único local. Ainda conta com equipe multidisciplinar qualificada e apta para oferecer a seus usuários um atendimento individualizado e profissional.

 

Entre em contato e venha se surpreender!

Contato: (62) 3218-5034

WhatsApp: (62) 99615-2791

E-mail: [email protected]

Endereço: Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74093-210

Avalie esta postagem
Mostrar mais

Instituto Viva Bem

*Contato: (62) 3218-5034 *WhatsApp: (62) 9615-2791

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar