Ter amizades e estímulos constantes mantem a qualidade de vida dos pacientes com Alzheimer

O paciente com Alzheimer deve receber um tratamento multidisciplinar, com geriatras, enfermeiros, cuidadores, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e nutricionistas, que vão garantir cuidados específicos, atenção, socialização e estímulos cognitivos e físicos para preservar a independência funcional pelo maior tempo possível.

A doença causa a morte gradual das células cerebrais promovendo a perda de memória e de outras funções cognitivas, como atenção, linguagem e percepção. O diagnóstico ao ser realizado na fase inicial e com o tratamento adequado permite controlar os sintomas e retardar a evolução da doença que ainda não tem cura. Uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) com profissionais capacitados, pode ser a melhor alternativa para cuidados de qualidade, atenção, socialização e estímulos cognitivos e físicos.

Sintomas

Os primeiros sintomas da doença de Alzheimer são as perdas de memória frequentes de fatos recentes, como esquecer compromissos, datas e horários, e a ter dificuldade de se orientar no espaço. Alteração de humor e depressão também podem ser sintomas iniciais em alguns pacientes de Alzheimer.

Atenção multidisciplinar

O tratamento multidisciplinar somado à administração do medicamento específico pode reduzir os sintomas cognitivos e comportamentais. Além do geriatra é importante o tratamento do fonoaudiólogo, que estimula a melhora da fala e da deglutição e das habilidades cognitivas prejudicadas; do fisioterapeuta, que estimula a parte motora; e do nutricionista, que orientam na dieta mais adequada para o paciente.

Estímulos constantes

O incentivo de qualquer estímulo desde uma simples troca de roupa, se alimentar ou tomar banho sozinho ou qualquer atividade simples realizada constantemente auxiliam na manutenção da independência do idoso e na sua qualidade de vida.

Vida social

A participação do idoso em atividades sociais e o incentivo a manter sempre o contato com os amigos são essenciais para a qualidade de vida.

O convívio com a família e amigos além dos cuidados, atividades, estímulos e socialização, pode contribuir no controle da evolução da doença e promover a qualidade de vida.

 

 

Sobre o Instituto Viva Bem

O Instituto Viva Bem é um centro de vivência de idosos. Ele representa um novo conceito em vivência social de idosos e principalmente de qualidade nos cuidados com idosos. Localizado em uma área nobre de Goiânia, disponibiliza aos seus hóspedes serviços de atendimento em consultório, centro-dia, reabilitação, hospedagem temporária e permanente, todos em um único local. Ainda conta com equipe multidisciplinar qualificada e apta para oferecer a seus usuários um atendimento individualizado e profissional.

 

Entre em contato e venha se surpreender!

Contato: (62) 3218-5034

WhatsApp: (62) 99615-2791

E-mail: [email protected]

Endereço: Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74093-210

Ter amizades e estímulos constantes mantem a qualidade de vida dos pacientes com Alzheimer
5 (100%) 1 voto[s]
Mostrar mais

Instituto Viva Bem

*Contato: (62) 3218-5034 *WhatsApp: (62) 9615-2791

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar