Conheça as regiões onde os idosos vivem mais e com saúde

Por mais de uma década, o autor e empresário norte-americano Dan Buettner, realizou pesquisas com o objetivo de identificar as regiões do mundo nas quais a população vive mais e melhor. De acordo com Buettner, a intenção era localizar lugares que não tinham apenas altas concentrações de indivíduos centenários, mas também grupos de pessoas que envelheceram de forma saudável sem doenças cardíacas, obesidade, câncer ou diabetes. O autor aponta cinco regiões com essas características:

– Ilha de Ikaria (Grécia)

As taxas mais baixas do mundo de mortalidade e demência na meia-idade, são encontradas nesta região. Pesquisas relacionam sua maior longevidade à tradicional dieta mediterrânea que é rica em vegetais, peixe e vinho.

– Ilha de Okinawa (Japão)

 Esta ilha concentra as mulheres mais longevas do mundo. a alimentação é baseada em batata-doce, açafrão, soja, chá de artemísia (erva-de-são-joão), açafrão e goya (melão amargo). Há também um grande senso de comunidade.

– Região de Ogliastra (Itália)

Tem a maior concentração de homens centenários do mundo. Eles seguem uma dieta baixa em proteínas, resultando em taxas menores de diabetes, câncer e morte entre pessoas com menos de 65 anos.

– Loma Linda (Califórnia)

A região concentra a maior número de adventistas nos Estados Unidos que chegam a viver dez anos mais saudáveis do que a média americana. Os participantes da doutrina religiosa seguem uma dieta basicamente composta por grãos, frutas, nozes e vegetais. A religião ainda proíbe fumar e consumir bebidas alcoólicas.

 – Península de Nicoya (Costa Rica)

Esta região apresenta a menor taxa de mortalidade de meia-idade do mundo e a segunda maior concentração de centenários masculinos. O segredo da longevidade está relacionado à vida em comunidade, nas relações sociais e nos hábitos regulares de atividade física e de baixa intensidade.

Essas regiões consideradas as Zonas Azuis têm em comum nove denominadores

– Atividades físicas no dia a dia: seus habitantes vivem em ambientes que estimulam o movimento. Fazem atividades naturalmente, caminhar até o trabalho, andam de bicicleta, cultivam jardins, etc.

– Vida com propósito: ter um plano de vida ou um motivo para acordar toda manhã é importante para a autoestima e afasta a depressão.

 – Desacelerar: essas populações evitam o estresse tendo rotinas mais calmas. Tiram cochilos durante o dia, aproveitam os pequenos momentos. O estresse leva à inflamação do corpo, associada a todas as principais doenças relacionadas à idade.

– Refeições na medida certa: eles seguem a regra dos 80%, ou seja, não comem até ficarem totalmente saciados, mas, sim, até estarem satisfeitos.

– Dieta rica em vegetais: mesmo não sendo vegetarianos, essas populações têm sua dieta baseada em leguminosas, frutas e verduras. O consumo de carne vermelha é reduzido a uma vez por semana, sendo o peixe mais consumido.

– Vinho: beber de um a duas taças de vinho por dia, durante as refeições é comum nas zonas azuis. Os polifenóis encontrados no vinho são antioxidantes que auxiliam na prevenção de doenças.

 – Espiritualidade: Muitos dos entrevistados pertenciam a alguma comunidade religiosa e participavam ativamente das atividades.

– Vida em comunidade: a família está em primeiro lugar. Os idosos das zonas azuis têm forte conexão com a família e a comunidade.

 – Influência das pessoas “certas:  as conexões sociais com pessoas saudáveis e sem vícios moldam favoravelmente os hábitos e a saúde.

 

Sobre o Instituto Viva Bem

O Instituto Viva Bem é um centro de vivência de idosos. Ele representa um novo conceito em vivência social de idosos e principalmente de qualidade nos cuidados com idosos. Localizado em uma área nobre de Goiânia, disponibiliza aos seus hóspedes serviços de atendimento em consultório, centro-dia, reabilitação, hospedagem temporária e permanente, todos em um único local. Ainda conta com equipe multidisciplinar qualificada e apta para oferecer a seus usuários um atendimento individualizado e profissional.

 

Entre em contato e venha se surpreender!

Contato: (62) 3218-5034

WhatsApp: (62) 99615-2791

E-mail: [email protected]

Site: www.institutovivabem.com.br

Endereço: Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74093-210

Avalie esta postagem
Mostrar mais

Instituto Viva Bem

*Contato: (62) 3218-5034 *WhatsApp: (62) 9615-2791

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar